Araujo & Associados

Av. Pelinca, 55, Salas 702/706 - Centro - Campos do Goytacazes / RJ, CEP: 28035-175

(22) 2733-2200 | contato@araujoeassoc.com.br

Publicado em quarta, 03 de abril de 2024

TikTok lança curso gratuito para ajudar empreendedor a vender mais

Com o objetivo de ajudar micro e pequenos empreendedores a alavancarem seus negócios, o TikTok lançou na semana passada uma plataforma chamada Cria Que Cria. 

A ideia é que os empreendedores possam usar o aplicativo e todas as suas ferramentas para fazer vídeos curtos voltados à venda de produtos e serviços.

São 25 mil vagas gratuitas e as inscrições estão abertas até 31 de julho, ou até esgotarem as vagas. O TikTok ministrará cursos on-line, divididos em sete módulos.

Os empreendedores terão acesso a cursos que abrangem desde monetização até estratégias para fazer crescer seu negócio, além de conteúdos sobre marketing, fundamentos do TikTok, identificação de nicho, uso do TikTok para divulgação de negócios e trabalho e criação de conteúdo.

Apesar da disponibilidade para micro e pequenos empreendedores, a ação também vai abranger interessados em comunidades, em parceria com o Digital Favela. 

A capacitação será conduzida pela SoulCode, uma EdTech brasileira especializada em educação tecnológica, inclusão digital, impacto social, diversidade e empregabilidade.

Um levantamento do próprio TikTok mostrou que 82% dos usuários afirmam já ter encontrado uma pequena ou média empresa na plataforma antes de vê-la em outro lugar.

De acordo com o TikTok, o projeto procura atender a empreendedores e criadores em um contexto no qual as redes sociais se tornam ferramentas de exposição e crescimento cada vez mais importantes. 

“Com o Cria Que Cria, queremos encorajar os empreendedores a aproveitarem ao máximo as oportunidades que nossa plataforma oferece, sobretudo quem vive em regiões menos favorecidas”, explica Silvia Belluzzo, diretora de Marketing de Negócios para PMEs do TikTok na América Latina.

Camilla Cruz, especialista em marketing digital, avalia que as redes sociais podem trazer muitos benefícios para quem empreende. “Estamos na era mais democrática de toda a história do varejo, onde as plataformas ajudam a disseminar a informação dos negócios, principalmente em estágio inicial, onde é preciso atingir um grande número de pessoas.”

Segundo ela, um curso pago de marketing digital pode não ser acessível para muitos empreendedores, principalmente para quem está começando nos negócios.

“Fico muito feliz com esse incentivo do TikTok no Brasil porque a plataforma está sendo pioneira no sentido de ajudar os pequenos empreendedores. Não vejo outras redes sociais disponibilizando um ensino tão aprofundado para os usuários, além dos manuais básicos de uso. Acredito que muitos pequenos empresários podem ser beneficiados com isso”, comenta Camilla.

TIKTOK EMPREENDE

A plataforma ainda vai realizar o concurso TikTok Empreende, em parceria com o Sebrae. Será oferecido R$ 1,5 milhão em premiações para histórias inspiradoras de empresários no TikTok que produziram vídeos curtos. 

Os 300 vencedores serão contemplados com cartões virtuais carregados com o valor unitário de R$ 5 mil, além de uma capacitação em comportamento empreendedor, finanças e inovação com duração de 12 horas oferecida pelo Sebrae-SP.

Os inscritos também ganharão um curso on-line de 3 horas do próprio TikTok, que tem como objetivo estimular a criatividade dos empreendedores, desenvolver sua marca, encontrar sua comunidade para vender mais e explorar os recursos disponíveis na plataforma para impulsionar os negócios.

CASE DE SUCESSO

Uma das empreendedoras que viu sua vida mudar completamente com o TikTok é a enfermeira Dayne Ortega dos Santos, de 40 anos, de Campinas, interior de São Paulo, dona da marca de calçados Day Ortega. Hoje ela tem quase meio milhão de seguidores entre TikTok e Instagram.

Em 2018, ela trabalhava como concursada em um hospital da cidade, como técnica de enfermagem, e levava sapatos para vender para os colegas de trabalho. 

Quando veio a pandemia, em 2020, ela começou a produzir vídeos no TikTok, no chão da sala de seu pequeno apartamento. Foi quando percebeu que o negócio começou a crescer e ganhar muito alcance.

Com uma média de dez vídeos por dia no TikTok, Day apontava detalhes dos produtos e fazia provas em seus pés para mostrar aos clientes. “Comecei a vender super bem e quando minha renda da loja superou o meu salário do hospital, resolvi me dedicar 100% e investir nisso.”

Depois de entender e estudar o mercado de calçados, a empresária começou a produzir sua marca própria e desenvolveu um modelo de tênis que é o carro-chefe da loja - e que fez a Day Ortega explodir em todo o Brasil.

O modelo tem traços semelhantes aos do All Star, da Converse, mas não se trata de uma réplica. “No começo, fui muito acusada de plágio, mas o meu é um pouco diferente, tenho cores e acessórios diferentes. Fiz consultas com advogados e registrei meu produto, com patente e tudo mais, porque queria fazer as coisas corretamente”, explica.

O valor é o grande atrativo do modelo Day Star, em torno de R$ 100, sendo que, ao comprar dois pares, o cliente paga R$ 180. “Fui ganhando a confiança das clientes e elas viram que o modelo tem muita qualidade e é extremamente confortável. Foi um sucesso”, conta Day, que todos os meses lança cores novas do tênis.

Quando começou a postar o Day Star, a empreendedora viu que os acessos explodiram no TikTok. “Cheguei a bater 4 milhões de visualizações e meu negócio se transformou. Abri uma loja física e um centro de distribuição para dar conta de toda a demanda que recebemos de todo o Brasil”, diz.

Ela pegou o jeito de vender nas redes sociais. “Não basta lançar uma coleção de sapatos e ficar postando as mesmas coisas. Eu faço de 3 a 4 lançamentos por mês e os lotes se esgotam em poucas horas porque são limitados. Tenho uma limitação de produção nas seis fábricas com quem trabalho. Com isso, sempre mantenho minhas clientes interessadas com as novidades e dispostas a comprar.”

Até hoje, ela faz provador dos modelos, conta detalhes nos vídeos e mantém um grupo VIP no WhatsApp para clientes que querem receber as novidades em primeira mão. 

Em 2023, a marca Day Ortega faturou R$ 4 milhões, sendo que, atualmente, 70% das vendas são on-line. Ela já chegou a fechar 3.500 pedidos em 12 horas, o que reverteu R$ 320 mil em vendas. Em dois anos, mais de 80 mil Day Stars foram comercializados pela marca, que também oferece outros tipos de calçados.

Além do alcance pelas redes sociais, a marca conta com o boca-a-boca e indicações das clientes. “Quem compra, gosta e indica. Eu aprimorei muito os vídeos, tenho hoje uma pessoa de marketing para me ajudar com os conteúdos e também passei a investir em influenciadores digitais para dar uma impulsionada”, comenta Day

Começou sozinha e hoje tem oito funcionários contratados, além dos frilas que atuam nos lançamentos. Ela ainda conta com o ex-marido como sócio, que cuida da parte administrativa e de recursos humanos, e o filho de 22 anos, que fica com o financeiro.

Com o grande sucesso, outros empreendedores procuraram a marca para franquias. A Day Ortega tem atualmente duas franquias, uma em Santo André, no ABC paulista, e outra em Valinhos, no interior.

“Sempre recebo propostas de empreendedores. Já tive uma franquia em Aracaju (SE) e outra em Minas Gerais. Mas os custos de fretamento encarecem o produto, que tem seu ponto forte o custo-benefício.”

Hoje, Day participa de feiras e simpósios para acompanhar as tendências e realiza mentorias de empreendedorismo para outras mulheres. “Quero ajudar outras pessoas a crescer como eu consegui.”

Como meta para 2024, ela quer se mudar para um local maior, onde possa alocar a loja física e o centro de distribuição. “Não pretendo mais abrir lojas físicas. Meu negócio é completamente on-line, e não é o site, mas sim as redes sociais. Preciso de espaço para dar conta do volume de tantas caixas.”

 

Day faz um review de sua trajetória. “Eu nunca pensei em chegar onde estou hoje. Se eu olho para a Day Ortega de 3 anos atrás, não me reconheço. Cresci muito e aprendi mais ainda. Sem as redes sociais, eu não teria hoje sequer uma loja física, que dirá minha própria marca. Comprei minha casa própria, tenho uma vida confortável e posso viajar quando eu quero. Ver seu negócio dar certo é o maior sonho de todo empreendedor”, comemora. 


Fonte: Jornal Contábil

Araujo & Associados

Venha fazer uma parceria de Sucesso! Encontre em nossa empresa tudo o que precisa.

Mídias sociais

Interaja conosco pelos nossos perfis e saiba de todas as novidades.

Desenvolvido por Sitecontabil 2019 | Todos os direitos reservados